About the Post

Author Information

Christina Chalréo Breault has over twenty-five years of experience in the computer/software industry. She’s a college graduated Web Designer and bilingual in American-English and Brazilian-Portuguese, fluently speaking, reading and writing in both languages. Born in Rio de Janeiro, Brazil on Feb. 12, 1962 at 14:35 and living in the US since 1986. Among Christina's interests are UFO, metaphysics, mysticism/occult, Law of Attraction, healthy living, makeup art and beauty. Christina is currently involved with beauty cosmetics, translations and web design.

Meus sentimentos sobre o “Codex”

Codex Illustration

Eu recentemente deparei com este material, entitulado Codex, e a princípio eu me interessei e me entusiasmei em lê-lo. Entretanto, tive que parar quando eu li especificamente neste material que  “A Lei da Reconciliação substitui a Lei do Karma e decreta que todas as individualizações, em suas vastas formas de existência, devem unificar suas semelhanças e diminuir suas diferenças entre si.” Esta afirmação, sobre a Lei do Karma está sendo substituída, por mais atraente que a princípio pareça, é inconsistente com as afirmações de outros ETs, cujos ensinos eu muito respeito e considero, tais como…

  • …. Abraham, que ensina sobre a Lei da Atração — onde aquilo que é semelhante a si mesmo é atraído — cuja manifestação é atestada em todos os momentos de nossas vidas.
  • Bashar, que ensina que na Criação existem somente 4 Leis, que são:
    1. Você existe.
    2. O Um é Todo e o Todo é Um.
    3. O que você externaliza (“põe para fora”) você recebe de volta. (Em outras palavras, a Lei da Atração.)
    4. Mudança é a única constância… exceto as primeiras três leis [mencionadas], que nunca mudam.
  • E finalmente, o nosso estimado medium e canal Domingos Yezzi, que faz o seguinte comentário:

Concordar com isso, seria o mesmo que achar que Deus — O Núcleo Central Cósmico — estivesse sujeito a “mensalões”, e suas leis fossem comparadas com as nossas leis, que são manipuladas conforme o poder aquisitivo da vítima e de acordo com os rabulas que infestam nossas delegacias mundiais e as portas das cadeias. Sugiro a eles indicarem qual assembléia, em que ano, qual o parágrafo e quem a promulgou! Dentre eles deve haver muitos cujas culpas estejam pesando em suas costas, e sem perda de tempo criaram a reconciliação.  Antes de promulgarem essa loucura, peça para esse bando de doidos, perguntarem aos milhões de pessoas mortas nas milhares de guerras durante esse tempo todo da existência do homem, e aos milhares assassinados nos campos de concentração, nas guerras do oriente médio, dos outros orientes, dos africanos, indianos e das estrupadas em geral, se eles aceitam a reconciliação!

Penso, que a Justiça Divina, como já declarei, é imparcial e justa, apesar de ser implacável e por vezes aparentemente demorada, mas ocorre no momento certo e na mesma proporção de seu desvirtuamento. Contudo, parece, mas não é vingativa, é apenas justa!

Abraços
DYezzi::.


Oi Christina!

Como você sabe, as minhas respostas são sempre afirmativas sobre o que escrevo, ou seja, comigo não tem mais ou menos, contudo não seja eu o dono da verdade.

O dia 21 de dezembro é uma data do calendário Maia, eles tinham uma forma e maneira próprias de contagem do tempo, mas, mesmo assim não deixaram anunciada a extinção de sua própria humanidade. Portanto, dentro das precisões deles, há grandes imprecisões.

A era de Aquário anuncia grandes modificações na humanidade, mas, nada que que altere a Lei do Khárma. Essa lei é universal e abrange todos os planetas, sois e galaxias do universo. Quem está emitindo essas mensagens, está se preocupando únicamente com o planeta Terra, esquecendo-se dos marcianos, venuzianos, mercurianos, solares, jupiterianos, plutonianos, agaianos, saturnianos, netunianos, uranianos e fespianos, sem contar as grandes civilizações que existem nos gigantescos satélites desses planetas! Isso só do nosso sistema Solar. Imagine a nossa enorme Galáxia — a Via Láctea! Imagine as outras bilhões de gigantesca galáxias!

Na 5ª. dimensão, todos os que já estão mais ou menos espiritualizados já se encontram. Estamos adentrando a formação da 5ª. raça, esta que aquele visionário alemão quis “aperfeiçoar” é a raça Ariana, que já está no fim. Portanto, nenhuma dessas 5ªs. tem influência na Lei do Khárma, mas ao contrário, elas estarão sob influência das Leis Universais.

Não querendo me desfazer de ninguém, pois acredito na boa fé deles, eu digo que tudo isso é falso, a não ser que, surgindo uma nova humanidade e para isso, haverá a extinção da atual, aí sim, o homem será muito mais sensível, mais pensamento, menos matéria e etc. Daí sim, poderá haver as manifestações instantâneas como existem nos planetas superiores. Mas, só após essas grandes modificações.

Abraços
DYezzi::.

Quando eu li sobre esta tal “reconciliação” eu não consegui deixar de sentir um desconforto interno de discórdia e antes de proceder adiante lendo, com o propósito de usar, um material que me causa tal sentimento em parte ou em todo, eu tive que consultar com guias cujos ensinos são manifestados em minha própria vida e portanto os quais tenho grande respeito e averigo então meus sentimentos de discórdia confirmados e portanto aqui postados.

Respeitosamente,
Christina C. Breault

Tags: , , , , , , , ,

15 Comments on “Meus sentimentos sobre o “Codex””

  1. mi January 10, 2013 at 7:10 AM #

    chata!

  2. Sabrina July 31, 2013 at 8:46 PM #

    Oi? Então não é para aceitar a Reconciliação? É para ficar nutrindo ódio? E isso sim, seria um ensinamento bom de seguir? Entendi… Ou melhor: Me recuso a entender!

  3. Alê Barello July 31, 2013 at 9:17 PM #

    Prezada Senhora: infelizmente, li apenas hoje seu comentário a respeito do Codex. Também quero externar “meus sentimentos” sobre os seus “sentimentos”. Gostaria de ter lido isso antes… antes que tivéssemos acolhido seu perfil em nosso grupo, tão amorosa e generosamente. Antes que tivéssemos tido muita paciência ao ler tantas postagens suas vendendo cursos e livros; antes que tivéssemos que resolver as muitas discórdias que semeou, com opiniões de separação, que prontamente foram apagadas ou contornadas pelos nossos Administradores. Se eu soubesse disso antes, lhe teria o dobro de atenção, de afeto e de estima, pois veria claramente que precisava de mais amparo e de mais de nosso tempo pessoal para tentar lhe auxiliar na compreensão do que parecia estranho ou diferente; daquilo que ia de encontro com seus medos e gerava resistência. O Codex é uma diretriz. Um apoio para o entendimento, coisa que, obviamente, muitos não tem, ainda, mas é claro que chegarão lá e mais claro ainda que não dependem nem do Codex para fazê-lo. Sobre o Karma… bem, pinçando apenas o que nos interessa não chegaremos a lugar nenhum. A relação entre a Lei da Reconciliação e o Karma não é nem parecida com o que foi exposto em seu “artigo”. Isso é o que a imprensa marrom costumava fazer, por exemplo, para tirar algo do contexto e gerar confusão, mas está óbvio que não pretende compreender, ou quem sabe, não lhe interessa fazê-lo. Fico feliz que tenha “tido que parar” de ler o Codex na Lei da Reconciliação. É quase na última página. Suponho que o resto não tenha lhe causado náuseas e espero, verdadeiramente, que a despeito da mente que engana e trapaceia, seu coração tenha entendido as palavras, mesmo que de forma inconsciente, elas estão aí, na sua composição celular e nunca mais sairão. Peço a gentileza de concentrar-se no que, no seu entendimento valha a pena e no que nos diz respeito, responderei a cada comentário, esteja onde estiver, no qual o Codex seja citado com o objetivo de denegri-lo. Não concorde, não leia, não aceite, mas por gentileza, mostre-se tão sábia quanto quer que creiamos que seja e faça o favor de superar o terreno da maledicência. Seja Luz! Alê Barello – Movimento Era de Cristal http://unaversidade.org

    • Christina C. Breault July 31, 2013 at 9:37 PM #

      Prezada Alê Barello!

      Nossa, quanta honra!! Eu ía responder elaboradamente, mas as suas próprias palavras tão amorosas falam por mim. ;)

      Christina C. Breault

    • Christina C. Breault July 31, 2013 at 10:46 PM #

      Mudei de idéia. Eu não ía responder elaboradamente mas mudei de idéia, somente para registrar, aqui, e nos Registros Akashicos, as minhas próprias palavras aqui datilografadas.

      Eu percebo no seu comentário que você faz comigo o mesmo que me acusa de fazer com você: Denegrir e tirar coisas fora de contexto. Em primeiro lugar, qual é o seu grupo do qual pertenço, ou já pertenci? Se se refere ao grupo “O Mensageiro” no Facebook, eu fui incluída lá pela propria pessoa que me expulsou: Paulo Ferreira. Nem sabia que o grupo pertencia a sua Era de Crystal. Você diz “ter tido muita paciência ao ler tantas postagens minhas vendendo cursos e livros; antes que tivéssem que resolver as muitas discórdias que EU semei”???!!! Que eu semei???!!! Querida, estamos falando do mesmo assunto, do mesmo grupo, da mesma questão, do mesmo mundo??!! Não tenho a menor idéia ao que se refere e não sei de nenhuma discórdias que eu tenha causado. A senhora é louca?! O seu atento em fazer um comentário amoroso é no mínimo hipócrita, além de ignorante e inconsistente com o que voce professa: “Seja Luz, seja Luz!” Estou tendo dificuldade de ver a sua. Eu poderia elaborar mais, contudo, não desejo semear discórdia, como falsamente diz sobre a minha pessoa, nem perder meu tempo com tolices. No mais, desejo a você e a todos os seus seguidores todo o sucesso que almeijam em suas jornadas. Eu tenho direito a minha opinião e se esta os ofende, talvez sejam vocês que devam se examinar!

      Christina Chalréo Breault

      • Alê Barello July 31, 2013 at 11:51 PM #

        Se eu sou louca? Quem me dera, como eu gostaria! A Senhora participou do Grupo Era de Cristal, iniciando sua adição em dezembro de 2012 e finalizando-a em janeiro de 2013, conforme os registros do Facebook. Não foi adicionada por ninguém porque o grupo não permite e, eventualmente, quando isso acontece, é procedimento nosso confirmar com a pessoa se realmente pretende participar e nem foi banida de lá. Saiu por conta própria. No início, era muito meiga e doce e fazia comentários extremamente pertinentes. Com o passar dos dias, sempre que teve possibilidade colocou propagandas do material do Sr. Yezzi, que não é alvo de nossa conversa, e cujo conteúdo desconhecemos e não é o foco da questão. Ocorre que o grupo não permite propagandas de nenhum tipo, conforme as regras iniciais que a Senhora não deve ter lido, mas foi avisada disso, reiteradas vezes. Tivemos muita paciência sim, nesse sentido, até que seu bom senso lhe deu o tom necessário e deve ter escolhido a saída. Mas se não se lembra nem de que entrou, não é mesmo? Quanto às discordias, aconteceram. Estão registradas, pois mesmo com a saída dos membros, os diálogos nas postagens ficam, e não se trata de discordar — o que cada um tem como direito pleno e assegurado até mesmo por Constituição, que dirá, num grupinho de Facebook — e sim, de tratar temas com base em separação. Isso, realmente, não permitimos, mas também não houve nenhuma ação de nossa parte, referente a isso, a não ser a mediação nos proprios posts. Temos membros de crenças diferentes e respeitamos todas elas. Quanto ao grupo O Mensageiro, parte de sua resposta que cita Paulo Ferreira, fiquei sabendo disso hoje e não estou ligando fato algum a este artigo, apesar de termos trabalhos paralelos e muitas das vezes, felizmente, convergentes. Apenas a abordagem é diferente e creia-me, eles são muito mais flexíveis em termos de regras, do que nós! O que aconteceu lá não me diz respeito e apoio qualquer decisão tomada por acreditar que realmente algo tenha saído dos trilhos, pois reitero que a conduta do grupo O Mensageiro é bem mais flexível do que a nossa e o Paulo, pessoalmente, muitíssimo mais tolerante do que eu. Sua pessoa pouco me importa, desejo-lhe o que puder ter de melhor. O que gostaria é que se abstivesse de dizer coisas infundadas sobre o Codex, antes de compreende-lo, se for de seu interesse. Em caso contrário, não haveria porque comentar sobre ele, uma vez que não o compreendeu e isso é prático e objetivo. Finalizando, minha Luz não deveria lhe interessar, ocupe-se da sua e todos seremos felizes. Seja Luz!

      • Christina C. Breault August 1, 2013 at 12:31 AM #

        Se refere a um grupo que participei por um mês, há sete meses atráz? E no qual quebrei regras “mas fui avisada disso, reiteradas vezes”? Não me lembro desta parte, de ter sido “reiterada vezes avisada” sobre regras quebradas, somente de ter postado links do Yezzi — sim, o que é consistente com o meu hábito de compartilhar o Sr. Yezzi… sempre faço isso… compartilho o conteúdo do Sr. Yezzi — e após examinado o grupo ter perdido o interesse no mesmo. Sim, me lembro bem desta parte. Principalmente da parte onde perdi o interesse. O motivo me volta a memória ao ler os seus comentários e rever a sua arrogância e fanatismo. Continue tentando ser Luz!

  4. Luiz Barello July 31, 2013 at 9:26 PM #

    Christina,
    Infelizmente é muito mais fácil denegrir o que não entendemos do que refletir antes de fazê-lo.
    Espero que as mensagens do CODEX, se não tocaram em nada em sua caminhada em direção à Luz, sirvam para que você reflita seu ponto atual da evolução e seu relacionamento com as outras individualizações da Fonte.
    Seja Luz!

  5. Alex Lima July 31, 2013 at 9:43 PM #

    Esse trecho é completamente absurdo : “antes de promulgarem essa loucura, peça para esse bando de doidos, perguntarem aos milhões de pessoas mortas nas milhares de guerras durante esse tempo todo da existência do homem, e aos milhares assassinados nos campos de concentração, nas guerras do oriente médio, dos outros orientes, dos africanos, indianos e das estrupadas em geral, se eles aceitam a reconciliação!” -Se as “diferenças”, o medo e a intolerância que geraram isso… Porque se reconhecessem a unidade do TODO, que somos UM jamais teríamos passado por isso. Isso realmente não é difícil de se entender… Mas realmente a questão de padrão vibratódio impede. Afinal quem vibra no padrão do medo só pode sair algo sem a presença de luz e confuso assim. Somos luz! ☼

  6. Bya Blanco July 31, 2013 at 10:02 PM #

    Olá a todos! venho deixar minha mensagem de apoio ao grupo Era de Cristal ao qual sou imensamente grata e que me faz melhor a cada dia,Seja Luz! Assim podemos aplicar a lei do Amor: Não resista ao mal,sem resistência…Longe do medo perto do amor, seguindo…NA LUZ! E como postei no grupo agorinha.. vamos sentar na cadeirinha de pensar rsrrssrr
    bjus !

  7. wal July 31, 2013 at 10:58 PM #

    Quem verdadeiramente vive na luz, não precisa denegrir o outro…lembrando que somos todos um…

  8. Christina C. Breault August 2, 2013 at 3:44 PM #

    Se estes escritos incomodam a sua doutrina, ótimo! Leia repetidamente até você entender.

Post a Comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 60 other followers

%d bloggers like this: